“Where are you?”

Eu te vi. Muito claramente. Bem visto mesmo. Inclusive esbarrei em você e seus pais na rua. Na verdade, temos um problema aí.
Érica, não é? Bem, você disse que éramos conhecidos de longa data, de quando éramos pequenos. De tão feliz que estava por me ver, me beijou. Na boca. E comentou, comigo e com os pais, como era bom me ver, porque estava pensando sobre mim, falando sobre mim, nos últimos dias.
Confesso que estava meio cabisbaixo até te ver. E também que sorri de orelha à orelha, após nos encontrarmos e, principalmente, após o beijo. Não sei muito bem como descrever a recepção porque foi tudo muito rápido, mas maravilhoso ao mesmo tempo. Você, tenha certeza, tornou meu dia mais feliz, a ponto de eu pensar em você o dia todo, com um misto de felicidade e mistério.

Pena que foi tudo um sonho, e eu queria mesmo ter te encontrado na rua, ficado feliz e ganhado o beijo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s